Introdução | Fenabrave Fenabrave - Introdução

Institucional

Introdução

A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores – Fenabrave é a entidade representativa do setor de Distribuição de Veículos no Brasil. A entidade reúne 51 Associações de Marcas de automóveis, veículos comerciais leves, caminhões, ônibus, implementos rodoviários, tratores, máquinas agrícolas e motocicletas.

Ao todo, são cerca de 7,4 mil distribuidores de veículos nacionais e importados, com 305 mil colaboradores diretos, que geraram em 2016 uma receita anual correspondendo a 3,5% do Produto Interno Bruto – PIB do País.

Missão da Fenabrave: Defender os interesses do setor, zelando pelo cumprimento da Lei 6.729/79, representando seus interesses políticos, econômicos e legais, trabalhando em parceria com as Associações de Marca. Contribuir na formação e desenvolvimento de profissionais e gestores do segmento. Desenvolver e debater as melhores práticas de processos e negócios, por meio de intercâmbios com associações congêneres internacionais.

A Federação Nacional dos Concessionários e Distribuidores de Veículos – Fenacodiv é a entidade máxima de representação sindical do setor da Distribuição de Veículos no Brasil. Foi oficialmente registrada pelo Ministério do Trabalho e Emprego em 7 de março de 1996, em atendimento à solicitação de cinco sindicatos estaduais da categoria (Sincodiv’s), seus sócios- fundadores.

Por meio do Portal Fenabrave, a Fenacodiv passa a prestar informações atualizadas sobre negociações trabalhistas e convenções coletivas firmadas exclusivamente pelos Sincodiv’s estaduais. Este serviço informativo é uma atividade totalmente integrada à natureza e competência da entidade, conforme determinam o seu estatuto e os Artigos 533 e seguintes da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Neste espaço também serão transmitidas informações referentes às tendências sindicais, andamentos de negociações coletivas estaduais, alterações legislativas, exemplos de medidas e soluções adotadas no âmbito da categoria ou em outros segmentos econômicos.