Acontece no Setor | Fenabrave Fenabrave - Acontece no Setor
Indicadores
Atualizado em 10/11/2017
  Compra Venda
Comercial R$3,258 R$3,259
Turismo R$3,240 R$3,440
27º Congresso & ExpoFenabrave

O futuro visto de Frankfurt

13 / 09 /2017

Não são apenas conceitos e novos modelos que fazem sucesso no Salão de Frankurt, Alemanha, aberto de 14 a 24 de setembro. Algumas das apostas de algumas marcas são novas tecnologias, sinalizando mudanças que poderão acontecer no futuro do setor automotivo.

A Mercedes-Benz mostrará ao público duas novas fontes alternativas de combustível. A primeira estará no conceito smart Vision EQ, para a mobilidade urbana individual: o conceito autônomo buscará o passageiro no lugar que ele selecionar e o levará até o destino final, dispensando o uso de pedais e volante.

Outra novidade é a geração de veículos com célula de combustível que está sendo desenvolvida na plataforma do GLC. O primeiro modelo será o GLC F CELL, que fará sua estreia em Frankfurt, trazendo presumível grande autonomia com, igualmente presumível, baixa emissão de poluentes, combinando a célula de combustível e bateria em um veículo híbrido plug-in. A companhia também terá no salão a nova picape, Classe X, o novo Classe S e o seu primeiro hypercar desenvolvido pela AMG, com 1 mil cv de potência.

A Audi, concorrente direta da Mercedes-Benz, também mostrará um conceito que não utiliza pedais nem volante, com design 2+2, considerado pelos seus profissionais um grande salto no futuro da mobilidade. O Aicon terá quatro motores totalmente elétricos com 260 kW, 56,1 kgfm, autonomia de 700 a 800 quilômetros, baterias de corpo sólido, que tem capacidade de carga maior que as de íon de lítio e de unir novidades ligadas à transmissão, suspensão, digitalização e sustentabilidade. O tempo de recarga é outro ponto positivo do Aicon: 80% da carga são obtidos em 30 minutos utilizando o sistema de alta tensão de 800 volts.

Outra novidade da Audi é o R8 V10 RWS, série limitada em 999 unidades, que será vendido nas versões cupê e spyder. O motor 5.2 V10 de 540 cv de potência acelera de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos, informa a companhia. A tração será traseira, sendo a grande novidade de uma série especial da Audi.

No caso da BMW o principal conceito é o I Visiton Dynamics, que é um gran coupe com motor elétrico que dispõe de 600 quilômetros de autonomia e acelera de 0 a 100 km/h em 4 segundos. O modelo guardará posição do elétrico i3 ao esportivo i8.

"Temos mais veículos elétricos rodando nas ruas do que qualquer concorrente e estamos empenhados em expandir nossas atividades no campo da mobilidade elétrica como parte da nossa estratégia Number One>NEXT", disse o presidente do conselho de administração da BMW, Harald Krüger. "Até 2025 teremos 25 modelos com sistema de propulsão eletrificada, dos quais doze serão puramente elétricos. Com o BMW i Vision Dynamics estamos apresentando a forma como prevemos o futuro da mobilidade elétrica do i3 ao i8: um dinâmico e progressivo gran coupe de quatro portas.”

A Volkswagen segue o seu caminho para tornar elétrica a maioria dos seus modelos após do dieselgate, sendo que uma das estrelas em Frankfurt é o I.D Crozz, SUV conceito com anunciados dois motores elétricos, 306 cv de potência ou 225 kW, e autonomia informada de 500 quilômetros. Este conceito é o terceiro da família de modelos elétricos que chegarão ao mercado a partir de 2022.

Como disse o CEO da Volkswagen, Herbert Diess, “a marca Volkswagen está se preparando para investir cerca de 6 milhões de euro na mobilidade eléctrica, nos próximos cinco anos”.

Autodata (Site) – 12/09/2017