Acontece no Setor | Fenabrave Fenabrave - Acontece no Setor

Notícias

As notícias mais importantes do mercado automobilístico
 
Indicadores
Atualizado em 25/09/2019
  Compra Venda
Comercial R$4,168 R$4,169
Turismo R$4,150 R$4,400
30º Congresso & ExpoFenabrave

VW Amarok despenca no ranking de vendas

21 / 10 /2019

VW Amarok despenca no ranking de vendas

Com a chegada dos novos Onix, HB20 e Corolla, o ranking de vendas de carros de passeio está vivendo uma revolução. Já entre os comerciais leves, quase tudo está na mesma em outubro. Exceto o desempenho da VW Amarok.

As vendas do modelo despencaram, assim como sua posição no ranking de comerciais leves e a distância para a principal, a Ford Ranger.

Desde o lançamento da versão V6, no ano passado, a VW Amarok vem seguindo a Ranger bem de perto no ranking de vendas. Houve diversos meses em que chegou a ficar à frente da Ford – embora a concorrente leve vantagem no acumulado do ano.

VW Amarok em outubro
Em outubro, a VW Amarok está indo mal. Entre os dias 1º e 17, foram vendidos 586 exemplares do modelo. São 630 unidades de desvantagem para a Ranger, que somou 1.216 emplacamentos até agora.

Para comparação, no mês passado a VW Amarok aparecia próxima da Ranger perto do fechamento do mês. Ao final de setembro, a Ford conseguiu ultrapassar o modelo da VW, mas a vantagem foi pequena: 320 unidades.

Quando se analisa o ranking de vendas de comerciais leves (picapes, furgões, vans, etc), a Amarok perdeu algumas posições. No acumulado do ano, o modelo é sétimo colocado. De 1º a 17 de outubro, aparece na 10ª posição.

À frente da VW há modelos como o furgão Fiorino, a picape compacta Montana e a intermediária Oroch.

Tudo em ordem no mercado
Há queda de desempenho da Amarok não tem a ver com nenhum problema de abastecimento ou estoques. Em concessionárias consultadas pelo blog, há exemplares a pronta entrega.

De acordo com a Volkswagen, não há também nenhum problema de produção na fábrica onde a VW Amarok é feita, na Argentina. Se houvesse, poderia afetar as entregas de modelos adquiridos por meio de vendas diretas, modalidade que domina os emplacamentos de comerciais leves.

De acordo com a Volkswagen, de fato houve um distanciamento da VW Amarok em relação à concorrente (Ford Ranger). Porém, isso é um movimento natural do mercado.

A montadora informa ainda que esta atenta a essas oscilações.

Outros resultados
No segmento de comerciais leves, a liderança continua com a Fiat Strada, com a Toro (da mesma marca) no segundo lugar. Entre as picapes médias, a Toyota mantém sua primeira posição.

1º a 17 de outubro, o modelo somou 1.903 emplacamentos, ante os 1.581 da Chevrolet S10. A Ranger é terceira. Dentro desse segmento, a posição da VW Amarok (quarta) também não mudou, apesar da queda de participação.

A Mitsubishi L200 é a quinta mais vendida, e não está tão distante da VW Amarok. Tem 420 exemplares emplacados. A Nissan Frontier é sexta.

Os dados são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

ESTADÃO – 18/10/2019